ELABORAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE PROJETOS

Elaboração de Projetos

O objetivo do Projeto Técnico de Combate a Incêndio é orientar a localização dos equipamentos de segurança, informar as características técnicas da edificação e a instalação das medidas de segurança contra incêndio.

Fatores como a mudança de uso ou aumento de área construída se faz necessário  atualização do Projeto Técnico de Combate a Incêndio junto ao Corpo de Bombeiros com todas as medidas de segurança.

Projeto Técnico de Combate a Incêndio deve ser elaborado por responsável técnico registrado junto ao CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) ou CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) contendo  emissão de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) ou RRT (Registro de Responsabilidade Técnica).

O projeto deve ser elaborado conforme as condições existentes da edificação e Decreto Estadual 63.911/2019, seguindo os critérios de segurança contra incêndio.

O projeto técnico de combate a incêndio deve ser enviado para a análise pelo sistema de Via Fácil do Corpo de Bombeiros.

Para emitir, regularizar ou renovar o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), deve ser elaborado um projeto técnico de combate a incêndio, acordo com o Decreto Estadual 63.911/2018, seguindo as instruções técnicas regulamentadas. Devendo sempre ser contratado um arquiteto ou engenheiro para elaboração do projeto.

Tipos de projetos:

  • Projeto Técnico (PT):
    O Projeto Técnico para edificações com área total construída superior a 750 m² ou com mais de 12 m de altura. Devendo ser elaborado planta de situação existente da edificação em formato eletrônico com memorias de cálculo, formulários entre outros documentos.
  • Projeto Técnico Simplificado (PTS)
    No Projeto Técnico Simplificado não é obrigatório a elaboração de planta da situação existente da edificação em formato eletrônico, desde que a edificação tenha menos de 750 m² e menos de 12 m de altura com lotação máxima de 250 pessoas.
  • Projeto Técnico para Instalação e Ocupação Temporária
    O Projeto Técnico para Instalação e Ocupação Temporária deve ser utilizado em instalações de circos, parques de diversão, feiras de exposições, feiras agropecuárias, rodeios, shows artísticos, entre outros, devem ser desmontadas e transferidas para outros locais após o prazo máximo de 06 (seis) meses.
  • Projeto Técnico de Ocupação Temporária em Edificação Permanente
    O Projeto Técnico de Ocupação Temporária em Edificação Permanente refere-se a instalação de qualquer edificação ou área de risco quando for ocupada em um local que possui um projeto técnico aprovado e vigente junto ao Corpo de Bombeiros.

Projeto de combate incêndio

Projeto de Incêndio

Projeto Contra Incêndio

Projeto AVCB

Projeto de prevenção e combate a incendio

Projeto de Bombeiro

Solicite seu orçamento!

Entre em contato agora mesmo, temos uma equipe especializada aguardando o seu contato!

Elaboração de Projetos AVCB São Paulo

Elaboração de Projetos AVCB SP

Elaboração de Projetos AVCB Litoral

Elaboração de Projetos AVCB Barueri

Elaboração de Projetos AVCB Guarulhos

Elaboração de Projetos AVCB Interior SP

Projeto AVCB São Paulo

Projeto AVCB SP

Projeto AVCB Litoral

Projeto AVCB Barueri

Projeto AVCB Guarulhos

Projeto AVCB Interior SP